• Ibram lança Instância no Fediverso

  • Voltar
18 de junho de 2024 por 

O Instituto Brasileiro de Museus – Ibram lançou sua própria instância Mastodon em fase beta, em maio, além de realizar outras experiências de compartilhamento de conteúdos e interações no Fediverso. Essas iniciativas configuram o pioneirismo do Ibram como primeira instituição governamental brasileira a investir estrategicamente nas redes federadas. 

As ações do Ibram no Fediverso começaram em janeiro de 2024, com a instalação do plugin Activitypub no blog da instituição. O recurso permite a publicação de posts em sites WordPress nas redes federadas. Após a instalação, foi publicado o artigo  “Fediverso: um experimento com redes sociais descentralizadas, e museus”, que ganhou aumento significativo de interações e acessos. 

Nossa equipe conversou com Jose Murilo Junior, Coordenador de Arquitetura da Informação Museal do Ibram, sobre a iniciativa.

Jose Murilo é psicólogo, com formação também em sociologia e filosofia, além de ser uma figura muito conhecida na Cultura Digital Brasileira. O gestor trabalhou no lançamento dos primeiros sites governamentais brasileiros, como o brasil.gov.br (1996) e o mare.gov.br (1997), e no primeiro blog de um Ministério, o CTJovem.mct.gov.br em 2001. Em 2009, Murilo coordenou a rede social CulturaDigital.br do MinC, na qual foi construída colaborativamente a primeira versão do Marco Civil da Internet. Atualmente, desenvolve ações voltadas para a memória digital no Instituto Brasileiro de Museus e é um entusiasta das redes federadas. Seu perfil no Fediverso é @josemurilo@social.museus.gov.br.

A proposta da instância do Ibram é a garantia de preservação digital de seus conteúdos, tornando públicas as conversas geradas a partir dos posts dos especialistas do Instituto. Essas conversas ganham “perenidade digital na perspectiva do interesse público”, como define José Murilo.

Conheça a instância https://social.museus.gov.br e siga o blog da Brasilianas para acompanhar as próximas ações do Ibram nas redes federadas. Vêm mais coisas boas por aí!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *